sexta-feira, 21 de abril de 2017

Assédios...

Henrique Faria

O jogo de sedução vem perdendo seu encanto e sua magia. Especialmente os homens são os mais atingidos pelo conceito de assédio sexual atribuído à sedução não consumada. Há uma tendência à intolerância por parte das mulheres quando se frustra uma tentativa de sedução. O constrangimento do ato é definido pela vontade da mulher. Ou seja, se ela quer, é sedução (Ele é um sedutor); se ela não quer, é assédio sexual (Ele é um ordinário). E daí? Em que cabeça está a maldade do comportamento?

E o que não dizer do assédio feminino? O que diferencia, na maioria das vezes, o assédio masculino do assédio feminino é o nível do ataque. Do homem, o atrevido e transparente. Da mulher, o enrustido e insinuante. Entretanto, em ambos o machismo está presente: o homem assedia para provar que é macho; a mulher assedia para provar se ele é macho mesmo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário